Blog ESSS

O maior arquivo de conteúdo sobre simulação computacional da América Latina.

Como medir o retorno sobre investimento em simulação

Tecnologia de Simulação

Embora possa ser difícil medir os benefícios intangíveis da simulação no produto e na qualidade da marca, existem várias maneiras de quantificar o retorno sobre o investimento (ROI).

Redução nos custos de garantia

Mesmo alguns erros aparentemente irrelevantes em um produto podem afetar uma organização em sua reputação, vendas, preço das ações, reclamações de garantia, custos legais e classificação de crédito. Cada vez mais, a integridade do produto é um problema potencial, já que o custo de entregar um produto defeituoso aos clientes nunca foi tão alto.

A American Society for Quality estima que cada produto recolhido custa em média mais de US $ 8 milhões apenas em custos diretos. Existem casos de multas de até $ 15 milhões por não relatar possíveis violações ou defeitos de segurança do produto.

O maior de todos os custos pode ser o efeito sobre a reputação de uma empresa se os consumidores acreditarem que seus produtos não são seguros.

O maior de todos os custos pode ser o efeito sobre a reputação de uma empresa se os consumidores acreditarem que seus produtos não são seguros.

De acordo com o Public Services Research Institute, as empresas norte-americanas gastam aproximadamente US $ 2 bilhões por ano em ações judiciais de responsabilidade sobre produtos. Este número não inclui acordos ou multas definidas por júri, que têm uma média de US $ 700.000 cada. No entanto, o maior de todos os custos pode ser o efeito na reputação de uma empresa se os consumidores acreditarem que os produtos não são seguros.

Considere o caso da Pierburg, uma importante fornecedora de automóveis alemã. A empresa, que já usava simulação de engenharia, aumentou seu investimento em análise virtual para melhorar a qualidade e reduzir os custos de garantia, ao mesmo tempo em que cumpria as metas de tempo e custo. Os efeitos não foram imediatamente aparentes, pois os custos de garantia aumentaram enquanto os produtos não sujeitos à simulação eram lançados no mercado. Mas, com o tempo, a curva de custo de garantia indicou claramente uma redução sistemática, reduzindo para menos da metade, o que excedeu amplamente o aumento no custo total com simulação.

A diferença entre a redução do custo da garantia e o aumento do investimento em simulação de engenharia é uma indicação direta do retorno sobre investimento. Embora a diminuição do custo da garantia possa não ser exclusivamente devido à adoção da simulação de engenharia, o maior impacto intangível desta nova abordagem está na melhoria da qualidade do produto e no impacto positivo na marca.

Redução em protótipos

O corte em prototipagem é a forma mais direta de calcular a economia gerada ao investir em simulação de engenharia. Para avaliar o custo dos protótipos físicos, você deve:

  • Multiplicar o custo de um protótipo pelo número frequente de protótipos durante o processo de design.
  • Subtrair o custo dos protótipos físicos restantes após o processo de prototipagem virtual. Um cálculo de ROI rigoroso deve avaliar o investimento da simulação de engenharia e determinar a relação entre economia e investimento.
  • Determining the Value to the Warfighter: estudo de retorno sobre o investimento realizado pelo Departamento de Defesa dos EUA.

    Determining the Value to the Warfighter: estudo de retorno sobre o investimento realizado pelo Departamento de Defesa dos EUA.

A empresa francesa Gamma Point usou essa abordagem para o projeto de matrizes de extrusão para perfis de plástico. Um processo tradicional que geralmente requer entre cinco ou seis experimentos de tentativa e erro que custam cerca de US $ 1.500 cada. Com a simulação, a equipe de engenharia reduziu o número de testes para apenas dois. Considere esta extrapolação: se uma empresa de extrusão de médio porte projeta 50 matrizes por ano, a economia pode ultrapassar um quarto de milhão de dólares por ano, com um ROI de 300% (considerando o custo de software, hardware e pessoal de engenharia).

Diminuição do tempo para comercialização

Muitas empresas relataram uma redução no tempo de lançamento no mercado como resultado do uso de simulação de engenharia. Levar uma nova solução ao mercado pode gerar receita adicional, o que impacta diretamente a receita bruta. A medição quantitativa envolve a avaliação do tempo de chegada ao mercado usando uma abordagem de projeto tradicional versus uma simulação de engenharia paramétrica sistemática. O mesmo acontece com a receita adicional que se espera ser gerada por este novo produto durante este período.

Melhora na eficiência da equipe e na qualidade da solução

Quando a simulação de engenharia é gerenciada adequadamente e a equipe de desenvolvimento de produto tem acesso às ferramentas corretas de gerenciamento de dados, um engenheiro de projeto rapidamente se torna mais eficiente, concluindo mais projetos durante o mesmo período. A avaliação é uma equação simples: compare o custo de usar uma abordagem tradicional para um determinado número de projetos com o custo dos mesmos projetos usando simulação de engenharia. Os benefícios vão além da redução de custos para melhorar a qualidade do produto.

Ventilador galardonado de Dyson Air Multiplier

Ventilador premiado da Dyson, Air Multiplier.

Um exemplo é o desenvolvimento do ventilador premiado da Dyson, Air Multiplier. Usando um processo de simulação eficiente, os engenheiros da empresa foram capazes de testar mais protótipos do que com uma abordagem de design tradicional. Você pode avaliar o impacto de forma conservadora, reduzindo custos de engenharia para corresponder ao número de protótipos tradicionais. Se você quer ser mais proativo, avalie o impacto nas vendas desse aumento de qualidade.

 

estudo de caso vale



Computer Simulation Specialists

Possui mais de 20 anos de atuação e reúne experiência e conhecimento em engenharia e ciência da computação, oferecendo ao mercado soluções completas em simulação computacional e desenvolvimento de software científico em engenharia. Destaca-se nas áreas de análise estrutural, fluidodinâmica, eletromagnética e simulação de partículas.


Ver mais postagens