Blog ESSS

O maior arquivo de conteúdo sobre simulação computacional da América Latina.

Como fazer uma boa gestão de empresa de engenharia?

Institucional Channel Partners

A gestão de empresa de engenharia envolve processos estratégicos e analíticos. São eles que vão determinar a capacidade do negócio em executar os projetos, entregar com qualidade e atender os clientes de forma satisfatória. Empresas com uma gestão desestruturada são mais suscetíveis a erros que podem causar prejuízos financeiros e para a marca.

Diante dessa realidade, a empresa deve estruturar sua gestão com o objetivo de organizar os processos, identificar as falhas que estão prejudicando o negócio e aplicar mudanças efetivas para alcançar melhores resultados. Confira as dicas que selecionamos para construir uma boa gestão de empresa de engenharia.

Passos para uma boa gestão de empresa de engenharia

O equilíbrio de uma empresa depende de uma boa gestão administrativa, organizacional e financeira. A atividade, que é uma das mais onerosas para quem está à frente da empresa, não se aprende na universidade. Pelo contrário, a gestão é aprendida na prática, identificando os acertos e cometendo alguns erros. 

Ao errar e aprender com o erro, a empresa tem a oportunidade de fazer diferente. Pois é isso que vai ajudá-la a evoluir, tornando sua gestão mais estratégica e assertiva.  Dados do IBGE, revelam que 48% das empresas brasileiras fecham antes de completar 3 anos de existência. O motivo do fechamento? A falta de uma gestão eficiente.

O dado é alarmante e mostra que, ao passo que novas empresas são criadas, quase metade dos novos negócios no país não conseguem atingir a maturidade. O mesmo levantamento mostrou que, mesmo diante da pandemia, o primeiro semestre de 2021 registrou um aumento na abertura de empresas, totalizando 2,1 milhões de pequenos novos negócios no país.

Investir em uma boa gestão de empresa de engenharia é fundamental para conseguir fugir da estatística e atingir a maturidade do negócio de forma saudável. 

Comece a planejar com antecedência

O planejamento antecipado deve ser um padrão na sua empresa. Tudo que for possível planejar, desde o pagamento dos funcionários a um novo projeto, você deve começar a pensar de forma antecipada. 

O planejamento permite que você tenha previsibilidade, identificando possíveis problemas que podem aparecer no futuro. Dessa forma, é possível adotar medidas para impedir que as adversidades prejudiquem o trabalho na empresa. 

Tenha um planejamento financeiro

O planejamento financeiro é uma previsão de como estarão as despesas e os ganhos da empresa em um determinado período. Porém, só é possível ter essa previsão se a empresa tem uma gestão financeira e contábil estruturada.

A saúde financeira da empresa determina como ela vai investir e se vai enfrentar problemas no curto e no longo prazo. Para manter as finanças da empresa organizadas e saudáveis, acompanhe de perto todos os processos que envolvem o dinheiro na empresa, como fluxo de caixa, folha de pagamento, cumprimentos fiscais, planejamento orçamentário etc.

Em empresas de engenharia, o capital de giro é uma segurança para viabilizar diversos projetos, pois nem sempre é possível contar com o investimento inicial necessário e o prazo para receber quando o projeto já está em andamento pode ultrapassar o período esperado.

Acompanhar tudo de perto é importante, mas essa atividade não dispensa a importância de contar com um profissional de contabilidade. O contador pode atuar de forma consultiva, orientando e conferindo todos os procedimentos contábeis realizados. 

Adote um método de gestão de projetos

O método de gestão de projetos é uma ferramenta utilizada para garantir a organização no fluxo de trabalho e o cumprimento dos prazos, atendendo as necessidades do cliente final e do contratante. 

Diversas empresas começam a trabalhar em um projeto sem definir um processo, como será seu acompanhamento e sem documentar suas informações. Seguir por esse caminho, pode causar falhas que vão atrasar as entregas, prejudicar a eficiência operacional e gerar mais custos para o negócio.

Existem diversos métodos de gestão, mais gerais ou focados em engenharia. Escolha aquele que faz mais sentido para a realidade do seu negócio. O importante é que ele te ajude a ter uma definição clara do processo e um direcionamento, com dados documentados, de tudo que precisa ser feito e já foi realizado.

Documente todo o processo gerencial

Uma dor comum entre as empresas em geral é a falta de documentação. A rotina e a necessidade de entregar faz com que a documentação seja deixada em segundo plano, sempre como algo que ainda precisa ser feito ou que será feito em algum momento. Porém, quando menos se espera, a documentação é requisitada e não está disponível para consulta.

A dica anterior, sobre a utilização de um método de gestão, ajuda a facilitar o processo de documentação. O sistema de gestão é um recurso que auxilia a documentar de forma básica e menos detalhada, entregando alguns dados sobre o que foi feito.

No entanto, é preciso documentar com mais detalhes e manter essas informações em um ambiente seguro, evitando perdas, e fácil de acessar para permitir a consulta sempre que necessário.

Automatize os processos

Na engenharia, ainda é possível encontrar áreas conservadoras e menos tecnológicas do que outras, como é o caso da engenharia civil. Muitos processos ainda são realizados manualmente e dependem do acompanhamento direto de uma pessoa. Isso pode gerar gargalos, erros e custos para o projeto.

Com ferramentas tecnológicas, as empresas conseguem acessar dados importantes para o negócio. Dessa forma, a empresa é capaz de automatizar grande parte das  atividades de sua rotina. 

Automatizar é a maneira que diversas empresas escolhem para tornar seus processos mais eficientes e ágeis. Além de ganhar eficiência produtiva, as tomadas de decisão são mais seguras, econômicas e inteligentes. Os modelos de sucesso podem ser facilmente replicados em outros projetos e a mão de obra é direcionada para trabalhar de forma mais estratégica.

Tome decisões baseadas em dados

Com a tecnologia, as empresas estão conseguindo ter acesso a dados que antes não tinham. A partir das informações geradas pelos relatórios, é possível identificar onde estão as falhas no processo, quais são os impactos para a operação e quais processos estão funcionando de forma eficiente.

Ao combinar essas informações, o gestor é capaz de analisar o cenário de forma crítica e tomar decisões mais estratégicas para o negócio. Empresas que não coletam dados de seus processos trabalham com hipóteses e incertezas. Ou seja, um único problema pode levar muito mais tempo do que deveria para ser identificado e corrigido.

Por meio dos indicadores de desempenho, a empresa consegue medir sua eficiência e a progressão de sua gestão. Veja alguns indicadores que podem ajudar no seu negócio: indicadores de faturamento, lucratividade e rentabilidade, indicadores de desempenho por custo, indicadores de desempenho por qualidade, indicadores de desempenho de recursos humanos, entre outros.

Revise o seu planejamento estratégico

O planejamento estratégico é um documento flexível, que pode ser ajustado de acordo com as necessidades e prioridades da empresa. Porém, para que seja possível mantê-lo atualizado, é preciso revisitar o documento frequentemente. 

Uma prática comum no mercado é o planejamento estratégico ser desenvolvido e ser usado como ferramenta de acompanhamento apenas no início. Conforme o projeto vai avançando, o documento é deixado de lado.

Quando isso acontece, a empresa perde a oportunidade de entender se o planejado condiz com a realidade do projeto e se o planejamento definido é viável. Ou seja, o time não consegue evoluir a partir daqueles erros e corre o risco de repeti-los no futuro.

Considere o planejamento estratégico como um documento vivo, que deve ter a participação de todas as pessoas envolvidas e ser atualizado de acordo com a necessidade do projeto. 

Dedique-se à gestão de tempo

A rotina burocrática, cheia de documentos que precisam ser preenchidos e visitas a órgãos fiscalizadores faz com que muito tempo seja perdido entre uma atividade e outra. No parque industrial e no canteiro de obras não é diferente. A falta de priorização pode prejudicar a produtividade.

A gestão do tempo é uma tarefa que cabe ao gestor, pois ele consegue ter uma visão sobre o que é mais estratégico para o projeto. Principalmente quando obstáculos surgem no meio do caminho, impedindo algumas tarefas de serem realizadas.

Para evitar gargalos e atrasos, o gestor precisa identificar rapidamente como substituir tarefas, o que é mais rápido de ser concluído ou o que vai gerar mais valor. A matriz de priorização é uma das ferramentas que pode ser usada para definir o que deve ser feito e quando. 

Além disso, o gestor pode otimizar o seu trabalho e o de seus colaboradores, criando uma diretriz de como avaliar quais tarefas priorizar em determinadas situações. Assim, evitará que seja sempre acionado e terá uma equipe mais autônoma, que sabe gerenciar seu próprio tempo.

Cultive um bom relacionamento com seu time e clientes

Uma equipe entrosada, que trabalha bem junta, vai entregar mais e melhor. Isso porque o bom relacionamento estimula o engajamento do time, fazendo com que todos trabalhem com foco no mesmo objetivo.

Enquanto isso, o bom relacionamento com o cliente ajuda a empresa a obter insights e informações importantes sobre sua percepção de valor. Dessa forma, alguns projetos podem ser adaptados para entregas mais personalizadas, o que pode despertar um sentimento de satisfação maior do que o estimado inicialmente.

Mantenha-se competitivo no mercado

A tecnologia tem sido utilizada como um grande diferencial de diversas empresas. Com isso, o mercado está se tornando mais competitivo e o cliente cada vez mais difícil de satisfazer. 

A empresa que deseja se manter relevante diante desse cenário, precisa estar sempre atualizada, conhecer as tendências, testar ferramentas inovadoras e identificar as soluções que fazem mais sentido para o seu público e área de atuação.

Contar com uma parceria é uma forma de ter conhecimento sobre os recursos tecnológicos que podem impulsionar a sua empresa.  Saiba como formar uma parceria interessante para o seu negócio.

Entre para o programa de canais com ótimas margens de comissionamento e o apoio da ESSS e associe sua marca à Ansys, a referência mundial em simulação. Faça parte do ESSS/Ansys Channel Partner.



Computer Simulation Specialists

Possui mais de 25 anos de atuação e reúne experiência e conhecimento em engenharia e ciência da computação, oferecendo ao mercado soluções completas em simulação computacional e desenvolvimento de software científico em engenharia. Destaca-se nas áreas de análise estrutural, fluidodinâmica, eletromagnética e simulação de partículas.


Mais Conteúdos