A revolução dos veículos autônomos com simulação ANSYS


Considerada uma das tecnologias mais promissoras quando o assunto é mobilidade urbana, os veículos autônomos estão preparados para redefinir as indústrias automobilística e aeroespacial no mundo todo.

Desenvolvimento de veículos autônomos é destaque na revista ANSYS Advantage

Depois de 30 anos de testes e impulsionados pelos avanços da tecnologia e sistemas de navegação, estes veículos já rodaram mais de 8 milhões de quilômetros pelo mundo.

Atualmente, um veículo autônomo consegue identificar o ambiente ao seu redor e realizar a navegação sem qualquer interferência humana. Além de proporcionar mais segurança ao dia a dia no trânsito, os veículos autônomos têm grande capacidade para reduzir emissão de poluentes, congestionamentos e democratizar o acesso ao transporte.

radares automotivos

O MERCADO

Segundo o estudo “Will you embrace AI fast enough”, da A.T. Kearney, os sistemas de inovação e inteligência já mudaram a forma da indústria atuar e buscar investimentos. De maneira geral, para garantir uma boa parcela de investimento é necessário buscar estratégias centradas em inteligência artificial (A.I.).

O futuro do mercado automobilístico é um dos mais claros neste sentido. A General Motors, por exemplo, anunciou recentemente que iria investir mais de 100 milhões de dólares em tecnologias pautadas em A.I.

A A.T. Kearney ainda indica que, em um panorama geral, a indústria investiu mais de 2,5 bilhões de dólares em A.I. entre 2014 e 2017. As tecnologias de automóveis autônomos receberam o maior percentual desse capital (em torno de 20%). Além disso, a análise revelou alguns fatores que têm estimulado o desenvolvimento da AI, especialmente na área de machine learning.

Amazon, Apple, Facebook, Alphabet, IBM, Microsoft e outros players de peso da era digital enxergam os veículos autônomos e a inteligência artificial como oportunidades para transformar não só o setor de tecnologia, mas uma boa parcela da economia.No fim de 2017, a empresa Lyft caiu no radar da holding da Google, a Alphabet, podendo agora receber mais de 1 bilhão para projetos relacionados a carros autônomos. Esse aporte vai dar fôlego para uma concorrência direta contra a gigante Uber, rival da Lyft e Waymo, divisão de veículos autônomos da própria Alphabet.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, SEGURANÇA REAL

Para o público em geral, os veículos autônomos podem provocar a sensação de insegurança pela sensação de falta de comando da situação, mas pesquisas chegam a apontar que cerca de 90% das mortes em acidentes de trânsito são causadas por falha humana, seja por distração, influência de substâncias alcoólicas e nootrópicas ou imprudência. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 1,2 milhão de pessoas morrem em acidentes de carros, todos os anos.

Em entrevista ao Jornal da USP, um dos maiores especialistas no assunto do Brasil, o professor Denis Fernando Wolf, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP em São Carlos e coordenador do Laboratório de Robótica Móvel, corroborou com a informação que a maior parte dos acidentes acontece por falha humana, portanto, carros autônomos são mais seguros.

DIRIJA COM SEGURANÇA

Mas como podemos testar esta nova tecnologia? Como sujeitar um veículo autônomo a todas as situações e adversidades que ele pode encontrar no dia a dia a fim de garantir que ele responda adequadamente? Nenhum veículo pode chegar ao mercado sem exaustivos testes simulando situações reais.

A única resposta viável é a simulação.

veículos autônomos

Veículos autônomos dependem de algoritmos de deep learning que reconhecem padrões e respondem como humanos. Um veículo deve perceber seu entorno, determinar a ação necessária e executar o movimento necessário dentro de um ambiente em constante mudança.

Usando uma combinação de simulação ANSYS, com o desenvolvimento baseado em modelo ANSYS SCADE para software embarcado, a tecnologia de teste Switchboard ™ da Edge Case Research e ANSYS medini para análise de segurança funcional, é possível validar todas as possibilidades reais em um ambiente virtual.

LOOP DE CONTROLE DE CONDUÇÃO AUTÔNOMO

radares automotrices

A arquitetura de simulação de um veículo autônomo é muito complexa. Requer integração de física, sistemas embarcados, desenvolvimento de software e geração de códigos para uma simulação precisa do loop de controle.

Ao mesmo tempo, permite que o veículo virtual seja exposto a situações tanto cotidianas quanto incomuns. A plataforma de simulação aberta ANSYS ADAS pode testar múltiplos veículos virtuais em uma infinidade de cenários em uma questão muito mais rápida, segura e econômica contra os tradicionais testes físicos. Ciclo de simulação de condução autônoma

Para que os veículos autônomos se tornem mais difundidos com o tempo, os fabricantes têm na simulação uma ferramenta argumentativa poderosa que pode proteger passageiros, motoristas, pedestres e outros veículos.

Assista ao Webinar grátis sobre Radares Automotivos com ANSYS HFSS SBR+ e saiba mais sobre o uso das ferramentas ANSYS e simulação de veículos autônomos.

webinar veículos autônomos


Comentarios

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *