A legislação brasileira vigente exige que as empresas do setor elétrico e de telecomunicações se comprometam com os níveis de campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos por elas criados.